Cuidados necessários para a saúde mental que um profissional da saúde precisa adotar

Benefícios que a prática de esportes traz para a saúde física e mental
18/06/2021
Tipos de tatame: Você sabe qual é o ideal para cada esporte?
07/09/2021
Mostrar tudo

Cuidados necessários para a saúde mental que um profissional da saúde precisa adotar

A saúde mental dos profissionais de saúde é um tema extremamente importante, mas que ainda é muito negligenciado.

Todos os médicos e enfermeiros devem deixar seu pijama cirúrgico de lado e ter total consciência do quão necessário é cuidarem de si, além dos seus pacientes, não só para uma boa vida profissional, mas principalmente para estarem bem como um todo.

Razões para profissionais de saúde se preocuparem com a saúde mental

Há quem ache que profissionais da saúde não precisam cuidar da saúde, simplesmente por cuidarem da saúde dos outros. Isso está cem por cento errado.

Eles lidam diariamente, muitas vezes 24h por dia, com as dores e angústias dos pacientes, com a morte, com a escassez de materiais e medicamentos em ambientes clínicos e com muitas outras lutas que não fazemos ideia.

São situações desgastantes e de extremo cansaço, então é às vezes é quase impossível manter a sanidade mental para prestar assistência aos pacientes enfermos e mais debilitados.

Outro fator predominante é a intensa pressão que ocorre nas instituições de saúde, em que pequenas, porém, grandes decisões devem ser tomadas imediatamente para evitar complicações graves e até mesmo, fatais.

Cuidados para manter e evitar distúrbios mentais

A saúde mental dos profissionais de saúde dependerá do equilíbrio entre o trabalho e os momentos de lazer. Algumas dicas, são:

Pratique atividades físicas

Além de fazer muito bem para a saúde física, a prática regular de atividades físicas pode reduzir as chances de desenvolver distúrbios mentais devido à liberação de neurotransmissores que proporcionam sensação de bem-estar.

Para isso, é fundamental fazer atividades físicas conforme o perfil clínico do profissional, em horários compatíveis com os dos seus plantões, para que sejam prazerosas para o indivíduo que executará os exercícios.

Separe a vida pessoal da profissional

Após um expediente cansativo, é normal que os profissionais de saúde tenham dificuldade de se desligar dos fatos recentes. Nesse caso, uma música ambiente, um banho relaxante ou estar presente em eventos em família são ótimas opções de distração.

Outra ótima dica é silenciar as mensagens do celular vindas dos grupos de trabalho, a não ser que a situação clínica demande atenção. Mesmo assim, filtre as prioridades nessa questão para evitar trabalhar à distância.

Reserve um tempo para si

Uma grande parte das pessoas está exausta profissionalmente por estarem destinando seu tempo para resolver problemas fora do ambiente de trabalho, além de demandas que não são de sua responsabilidade.

Por isso, é essencial separar um tempo para cuidar de si mesmo como um todo, aproveitar momentos sozinhos e desfrutar de pequenos prazeres, seja assistindo um filme, jogando algo, encontrando com os amigos ou simplesmente não fazendo nada e só relaxar.

 

Consulte-se com um psicológico

A saúde mental dos profissionais de saúde é um assunto que deve ser desmistificado, tratado sem preconceitos e compartilhado entre os colegas de profissão.

A procura por apoio psicológico e a discussão dos eventos cotidianos nas sessões de psicoterapia são cruciais para lidar com as angústias diárias, aliviar a ansiedade e trazer força e confiança para os profissionais que, inevitavelmente, passam por um processo complexo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *